No dia 22 de abril, parti para uma das minhas melhores aventuras, fui conhecer Conceição de Ibitipoca em Minas Gerais.

Sobre Ibiti

O local possui uma das vistas mais incríveis de reservas naturais do Brasil.
Em Conceição de Ibitipoca, na serra da Mantiqueira, é possível encontrar ruas de terra e calçadas em pedras. São 27 quilômetros de estrada de chão, aquela couro brabo, mas que vale a pena a passagem, até chegar a vila de Lima Duarte, cidade a qual o distrito pertence.

O lugar é simples e rústico, porém o que não falta é conforto, pessoas boas, e ótimos lugares para conhecer.
Por conta da quantidade de turistas que visitam o Parque Estadual desde sua criação em 1973, a vila ganhou várias pousadas, ótimos restaurantes e bares que arrasam na música ao vivo.

Nos mês de julho ainda acontece os festivais de Jazz, e no mês de agosto os de Blues, que lotam o lugar no inverno. Em outubro tem o evento de gastronomia - Sabores da Serra.

O Parque Estadual
 

A cerca de três quilômetros da vila fica o Parque Estadual do Ibitipoca. Com suas grutas, cachoeiras, mirantes, paredões, riachos e muito mais.
O lugar é realmente mágico, um paraíso onde amantes da natureza e aventureiros ficam apaixonados. Todas as trilhas são bem sinalizadas, setas indicando para onde ir, e o nome de cada um dos pontos em placas estão em todo local.

O trajeto é um pouco puxado, por ser duradouro e em certos momentos ingrime, são cerca de sete a oito horas de caminhada para quem quiser fazer todo o percurso de trilhas e cachoeiras, porém, não é difícil e a aventura vale a pena.
O Parque leva a vistas de paisagens paradisíacas. 
Cheguei lá oito horas da manhã e as nuvens estavam tão baixas que eu parecia estar no céu, imagine quem chegou antes disso?! 

Prainha, Gruta dos Viajantes, Cachoeira dos Macacos, Lago dos Espelhos, Gruta dos Três Arcos entre vários outros pontos, porém o mais famoso e esperado para se conhecer no parque pelos turistas, é com certeza a Janela do Céu.  Uma corredeira que segue por um cânion e termina em uma cachoeira com uma queda de cerca de 20 metros. É SURREAL!

Vista da Janela do Céu
Cachoeirinha

O Parque tem limite de visitantes, sendo 800 pessoas nos finais de semanas e feriados, e 300 nos dias da semana. A entrada custa vinte reais (20,00) em dias úteis e nos finais de semana e feriados, vinte e cinco (25,00). Lembrando que estudante paga meia.

E claro, não esqueça da importância de levar protetor solar, pois são cerca de sete horas debaixo do sol né?! Leve também boné, comida e bastante água.

Onde ficar

Camping do Mariano, gravem esse nome.

Lugar simples, porém ótimo para quem não liga para muito luxo e se sente satisfeito com uma boa barraca e um saco de dormir, e claro o isolante térmico , porque estamos falando de serra, e o frio lá a noite é bem rigoroso se não for preparado. O Camping é recepcionado por Mariano, o dono do lugar, dona Maria e também a dona Carmen. Pessoas humildes, com uma animação lá em cima, e que estão sempre dispostos a ajudar e receber seus campistas

O local fica a cerca de quinze minutos do centro da vila a pé, de automóvel então, é bem rapidinho. E o melhor, a apenas um quilômetro do Parque Estadual do Ibitipoca. 
Lá você encontra: quatro sanitários, sendo dois femininos e dois masculinos, quatro chuveiros com água quente, cozinha compartilhada com fogão e geladeira. Na recepção, café da manhã, almoço e janta, não incluídos na diária, mas tudo por um valor bem pequeno. E eles ainda por cima fazem o melhor pão de banana com canela que eu já comi na minha vida, então fica aí a dica. 
A diária normalmente custa apenas vinte reais, porém como fui em um feriado, paguei trinta.

Onde comer

O que não falta são restaurantes e pubs.
Eu indico o IbitiRoute, o restaurante tem uma comida maravilhosa com pratos executivos e por um valor melhor ainda (aquele precinho que cabe no bolso) e você se sente satisfeito. E bem ao lado tem o IbitiLua com a mesma pegada e também tem música ao vivo.

Almoço no IbitiRooute

Esse não é comida, mas foi aquele lugar que não posso deixar de citar, Brauhaus.

Uma cervejaria artesanal, que achei particularmente um máximo, com aquele chopp merecido. Não deixe de conhecer.

O que fazer

No último dia como iria embora apenas depois do almoço, queria algo para fazer durante a manhã, então fui atrás de adrenalina e conheci o Ibiti Aventura, onde são realizados passeios de quadriciclos e utv por vários pontos turísticos da cidade, onde você mesmo pode pilotar. 
Fiz o passeio para o Topo do Mundo de quadriciclo, são cerca de duas horas, que deixam aquele gostinho de quero mais. Paisagens incríveis de se tirar o fôlego durante todo o trajeto. Vale super a pena, e o valor também é bem em conta.

O Ibiti Aventura  tem passeios com duração de até seis horas caso prefiro algo mais radical. Passeios passando por rios, trechos de lamaçal e mais.
Essa é uma daquelas viagens que valem super a pena serem feitas.

Espero que tenham gostado das dicas, e se aventurem em conhecer Ibitipoca.