A história da série se passa em volta da vida de quatro amigos homossexuais, de suas amizades, seus cotidianos e claro dramas, se tem uma coisa que tem nessa série é drama. Eu particularmente adoro.
Na primeira temporada temos quatro amigos: Ian, Rafael, Marcus e Léo. Já a partir da segunda temporada com a partida do Léo,  temos agora Nando que irá trazer muito mais humor a esse quarteto.

Além de mostrar a super amizade deles, suas aventuras, situações engraçadas, a série trás consigo muitos pontos importantes como: auto conhecimento, aceitação, homofobia , HIV, depressão... entre tantos outros pontos que a série deixa bem clara que são assuntos relevantes sim e que devemos falar sobre eles. Não se trata de uma websérie apenas para a comunidade LGBTQ+ e sim para todos aqueles que sabem o significado real do amor.

A série foi escrita por Tonny Campbell, que também atua na série com seu personagem, Ian. Segundo ele a websérie veio para dar voz e visão a uma classe que não é retratada. 
Produzida pelo Grupo Fundição as filmagens são realizadas na cidade do Rio de Janeiro, com atores incríveis e talentosos, muitos já possuem longas experiências no palco e tv.
Four já está em sua terceira temporada, nesse momento em que escrevo, em seu vigésimo episódio, e eu não tenho palavras para descrever o quão forte tem sido essa temporada, com temas tão intensos e sérios sendo tratados.

Vou apresentar um pouco desse quarteto para vocês:

Começando pelo Rafael, interpretado pelo ator Francisco Araújo (sou apaixonada).
Ele é super meigo. O mais calmo, centrado e pé no chão, entre os amigos. Está sempre focado em seu futuro, trabalhando, fazendo faculdade e ainda mantém um relacionamento sério.


Ian, interpretado pelo também diretor Tonny Campbell. É aquele amigo doidinho do grupo, apaixonado por teatro sonha em seguir carreira como ator.
Ombro amigo que sempre está ali para aconselhar. Para ele parece que não existe tempo ruim.